Esta semana o jornal online Observador dedicou um artigo ao marketing olfactivo. A i-sensis chamada a participar, não negou o seu contributo. E o resultado foi um artigo que apesar de resumido, está muito bem escrito.

476617655_770x433_acf_cropped

“Através do olfato conseguimos, em certa medida, manipular as emoções de um cliente e influenciar uma compra”, diz Eduardo Oliveira ao Observador, diretor comercial da empresa i-sensis, que se dedica ao desenvolvimento de perfumes personalizados para aromatização de espaços comerciais. “Desta forma, é possível criar o aroma a pastel de nata e difundi-lo nas estações de metro onde o produto vai estar à venda mesmo que não tenha sido feito lá.”

Pode ler o artigo completo aqui.

Deixe uma resposta

Close Menu