Em 2015 há sete grandes perfumes que celebram aniversários importantes. Vamos apresentá-los de seguida.

Habit Rouge, da Guerlain: faz 50 anos, e é o primeiro perfume masculino de prestígio da família olfativa oriental. A fragrância é um símbolo da elegância do homem francês, refinamento sensual e um tributo à paixão de Guerlain pela arte de vestir dos cavaleiros.

A frescura definitiva viaja através do tempo com Eau de Rochas há 45 anos. Expressa uma linguagem universal da silhueta feminina e a alegria de viver. Uma infusão de citrinos, verbena e flores com um rasto limpido de cristal,constitui um carácter sempre moderno.

A fórmula mágica de Poison, da Dior foi criada há 30 anos, permanecendo um dos perfumes mais poderosos de sempre. O frasco em forma de maçã contém o “sumo” intoxicante para uns e fascinante para outros.

Obsession, de Calvin Klein também faz 30 anos. Ardor, paixão, sexo são as emoções que o perfume apela, através das notas perfumadas de flores e especiarias, envolvidas por sândalo e incenso, combinando de forma sublime o lado carnal e o lado espiritual.

Quem da geração dos anos 80 não se recorda da publicidade do perfume Egoiste, da Chanel, com várias mulheres indignadas a gritar Egoiste! Egoiste! e a fechar as portadas das janelas? A fragrância de 25 anos da família especiada-amadeirada abre com notas de tangerina, evoluindo para notas de rosa da Turquia, coentros e baunilha.

Outra fragrância icónica dos anos 80 é Trésor, da Lancôme, com o seu frasco piramidal e o líquido de tom pastel. Um perfume de 25 anos,“powdery”, rosé e frutado, que tem uma estrutura linear – mantém o mesmo aroma ao longo do tempo. Conta a história, que a ideia da perfumista era criar a vontade de abraçar quem usasse o perfume.

O perfume mais jovem dos sete é Le Mâle, de Jean Paul Gautier que celebra 20 anos. Tem um frasco emblemático em forma de busto de homem. Trata-se de uma fragrância da família oriental-fougére que traduz as memórias do estilista quando passeava no mercado com a sua avó.

Sete é também a idade do primeiro perfume de prestígio criado pela i-sensis em 2008 – Amor Perfeito de José António Tenente. É um duo para homem e mulher, inspirado no amor e na flor de inverno amor-perfeito.
amor pefeito

Deixe uma resposta

Close Menu