Foi com o mote do clássico do cinema português que Luis Pereira, líder da empresa 100ml Branding Parfum concebeu a linha de produtos  “Aldeia da Roupa Branca”.
Um novo conceito para uma linha de lavandaria elegante, que pretende transmitir os valores de cuidado, limpeza, leveza, pureza e brancura da roupa lavada. No sentido de relembrar a tradição antiga das lavadeiras de Lisboa, em que a roupa era lavada no rio com sabão azul, colocada a corar sobre a erva e finalmente  seca ao sol e ao vento, utilizaram-se notas perfumadas  que recriassem esta natureza e que promovessem a sensação de limpo (“clean”) e conforto.
Este é um projecto perfumado inteiramente desenvolvido em Portugal. A i-sensis perfume design criou a assinatura olfativa de toda a linha de lavandaria, desenvolveu e produziu a fragrância exclusiva que transmite em “essência” os valores desta inovadora marca nacional criada pela 100 ml branding parfum.
A caracterização desta fragrância suave a delicada poderá ser vista na pirâmide olfactiva.
Temos as notas de topo cítricas que lhe conferem a frescura. As folhas de violeta e o cassis dão-lhe um coração seguro mas suave enquanto que o liquidamber e o musk branco lhe dão a base que arredonda toda a composição.
Mas a perfumista não pensa só nas notas individualmente mas na forma como as combinará para criar a sua sinfonia. Eis um vislumbre do seu pensar:
na Aldeia da Roupa Branca a fragrância delicada e transparente, resulta da perfeita harmonia de um bouquet floral suave de rosas de maio com a frescura verde das folhas de violeta, dando-se uma nuance frutada de cassis e um toque elegante de pimenta rosa. As notas cítricas dão o “mote de saída” à fragrância, relembrando a alegria das cantorias das lavadeiras do antigamente, bem como a frescura do rio e da brisa. As notas amadeiradas de liquidamber e a suavidade persistente do musk branco arredondam a fragrância e fazem-na perdurar no tempo.
E assim se cria uma fragrância que dá vida a uma ideia que a i-sensis perfume design ajudou a concretizar.
piramide aldeia_logos

Deixe uma resposta

Close Menu